Browsing Tag

atrativos turísticos

Sem categoria,

Atrativos turísticos de Foz do Iguaçu poderão voltar a funcionar com 100% da capacidade, diz prefeitura

Atrativos turísticos de Foz do Iguaçu poderão voltar a funcionar com 100% da capacidade, diz prefeitura

Conforme decreto, se o cenário epidemiológico permitir, ampliação total do atendimento ocorre a partir de 15 de outubro em todas atividades. Reuniões em casas estão autorizadas.

A Prefeitura de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, autorizou a ampliação do atendimento das atividades comerciais, industriais, religiosas e de serviços, que poderão funcionar com até 70% capacidade de público até 14 de outubro.

Conforme o novo decreto, se o cenário epidemiológico da pandemia permitir, a partir de 15 de outubro todas atividades da cidade poderão operar com 100% da capacidade, como os atrativos turísticos.

O documento também autoriza a realização de reuniões em casas e condomínios sem limitação do número de pessoas, que era de até 20, preferencialmente, do mesmo núcleo familiar.

Novo decreto

Até 14 de outubro:

  • Atividades comerciais, industriais, religiosas e de serviços: com até 70% da capacidade de público;
  • Atividades gastronômicas: Funcionamento até as 3h;
  • Obrigação: Cumprimento do Termo de Responsabilidade Sanitária e todas medidas sanitárias

A partir de 15 de outubro (se o cenário epidemiológico permitir):

  • Atividades comerciais, industriais, religiosas e de serviços: com 100% da capacidade de público
  • Funcionamento das atividades: Sem restrição de horário
  • Obrigação: Cumprimento do Termo de Responsabilidade Sanitária e todas medidas sanitárias

Segundo a determinação, também ficam autorizadas, de forma excepcional, as comemorações na semana do Dia das Crianças, respeitando as medidas sanitárias.

Algumas regras foram revogadas em relação ao tamanho das mesas e número de pessoas para cada uma delas em estabelecimentos, assim como a proibição do uso de espaços infantis.

Com o novo decreto, estrangeiros e brasileiros dos países fronteiriços não precisam mais apresentar comprovante de teste negativo para Covid-19 em exame RT-PCR para entrar em Foz do Iguaçu.

Continue lendo em G1 Globo

Busão Foz, Coronavírus, Destaques, Economia, Foz do Iguaçu,

Atrativos turísticos e hotéis de Foz do Iguaçu seguem abertos só para visitantes durante o lockdown

O turismo, principal fonte da economia, seguirá funcionando normalmente com restrições nos dois finais de semana em que vigorar o toque de recolher em Foz do Iguaçu. De acordo com o Decreto 29.078/2021, os atrativos turísticos e meios de hospedagem funcionarão exclusivamente para turistas. Os terminais rodoviário e aeroportuário só irão operar com embarque e desembarque.

De acordo com as medidas restritivas, publicadas na noite de quarta-feira (13), é proibida a circulação de moradores das 18h de sábado até às 5h da manhã de segunda-feira (15 e 17 de maio, respectivamente). A população local só poderá sair as ruas no período, “salvo por motivo de força maior devidamente justificada”, diz o decreto.

A liberação do funcionamento dos atrativos e dos meios de hospedagem apenas para visitantes visa garantir a segurança dos iguaçuenses e a manutenção do setor turístico. “A maioria das viagens é feita com antecedência e planejada”, explica o secretário do Turismo e Projetos Estratégicos, Paulo Angeli.

“Por isso a prefeitura entende a necessidade de manter os atrativos abertos nos finais de semana, para evitar cancelamentos de pacotes de viagens, hospedagens e até pedidos de devolução de ingressos”, ressaltou. De acordo com o secretário, os números mostraram que o toque de recolher é uma forma de conter a proliferação do vírus.

“E mantendo o funcionamento do turismo é uma forma de garantir a retomada do setor e de toda a economia”, completou Angeli. Em abril, segundo a Vigilância Epidemiológica, Foz do Iguaçu registrou queda de 76% na média móvel de casos, três semanas após o momento mais crítico da pandemia.

Controle sanitário

Ainda de acordo com o secretário, os hotéis, atrativos e estabelecimentos gastronômicos de Foz do Iguaçu possuem a Certificação de Segurança Sanitária e Selo de Ambiente Protegido. Todos seguem rigorosamente os protocolos de segurança sanitária com responsabilidade à vida de todos os visitantes e colaboradores.

O procedimento inclui a obrigatoriedade do uso de máscara facial, aferição da temperatura e disponibilidade de frascos de álcool 70% em spray e em gel, para higienização das mãos e sobretudo o distanciamento social.

Durante os próximos dois finais de semana de restrição, além dos atrativos e meios de hospedagens, estarão abertos serviços essenciais como o Terminal Rodoviário Internacional de Passageiros e o Aeroporto Internacional apenas para embarque e desembarque, serviços de delivery, postos de combustíveis, farmácias, urgência e emergência médica humana e animal.

As informações são de GDIa

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Visitação no feriado supera a expectativa nos três atrativos do Complexo Turístico Itaipu

Embalado pela campanha “Vem pra Foz”, movimento foi 42% superior ao previsto. Atrativos seguem normas e cuidados sanitários.

O Complexo Turístico da Itaipu (CTI) comemora o sucesso do resultado da campanha “Vem pra Foz”, nesse feriadão da Independência do Brasil, entre sábado (5) e terça-feira (7). Nos três dias de feriado prolongado, passaram pelos atrativos da binacional um total de 3.283 pessoas, número 42% acima da previsão, estimada em 2.306 pessoas.

O movimento elevado considera o limite de visitação estabelecido, além de um criterioso protocolo sanitário. Tudo para mostrar aos turistas que os atrativos da Itaipu e de Foz do Iguaçu estão seguros para voltar a recebê-los.

Para o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, as pessoas queriam sair de casa e vieram para Foz do Iguaçu porque sabiam que aqui encontrariam um lugar seguro e com várias atrações imperdíveis pra toda a família. “Agora é continuar trabalhando com responsabilidade para manter o nosso destino na preferência do viajante”, disse Silva e Luna.

Na Itaipu, três atrativos estão disponíveis. O carro-chefe do CTI, a Visita Itaipu Panorâmica, que faz um tour externo pela usina, atraiu 2.495 turistas. O Ecomuseu, que estreou na semana passada a exposição “Panorama das Artes Visuais”, recebeu 484 visitantes. Já o Refúgio Biológico Bela Vista, com seus novos recintos de apresentação de animais como o gato-maracajá e a lontra, teve o movimento de 304 turistas.

Após o feriado, os atrativos voltam a funcionar com horários reduzidos. A Itaipu Panorâmica tem saídas todos os dias, das 9h às 16h. O Refúgio opera de terça a quinta-feira, às 9h30 e às 14h30, e de sexta a domingo (9h30, 10h30, 14h30 e 15h30). Já o Ecomuseu está aberto para vistas de terça a domingo, das 10h à 18h.

Cidade movimentada

O Sindhotéis está preparando um balanço do movimento de turistas no setor nesses três dias. Preliminarmente, cerca de 30% da capacidade da rede hoteleira foi preenchida. “Registramos nesse feriado os primeiros resultados da campanha da Itaipu Binacional [Vem pra Foz]”, afirmou o presidente do Sindhotéis, Neuso Rafagnin. “Precisamos intensificar a promoção do turismo doméstico para atrair visitantes ao Destino Iguaçu e, assim, ter uma ocupação regular nas próximas semanas e meses, além de tentar salvar os próximos feriadões e a virada de ano.”

Em relação aos outros atrativos do Destino Iguaçu, nos três dias do feriadão da Independência passaram pelas Cataratas do Iguaçu 7.289 visitantes, sendo 34 turistas estrangeiros. A maior parte dos turistas brasileiros veio de outras regiões do País, enquanto 1.654 usaram o passe-comunidade, ou seja, são moradores da região de Foz do Iguaçu. O Parque Nacional do Iguaçu colocou à disposição 2.800 ingressos diários, durante oito horas de atendimento (das 8h às 16h). Já o Marco das Três Fronteiras recebeu 2.692 visitantes – 21 deles estrangeiros.

O Parque das Aves teve a visitação de 3.765 pessoas no sábado e no domingo (o atrativo não abriu na segunda-feira, dia 7), 20% delas eram de Foz do Iguaçu e de municípios lindeiros ao Parque Nacional do Iguaçu. Só no domingo (6) foram 2.474 visitantes.

“Ficamos muito felizes com os resultados do feriado, pois os números demonstram uma retomada gradativa e segura. Atendemos um número de visitantes dentro da nossa expectativa e percebemos que as visitas foram muito tranquilas”, disse a diretora administrativa do Parque das Aves, Jurema Fernandes.

Fotos: Kiko Sierich / PTI

Destaques, Economia, Foz do Iguaçu,

De olho no pós-pandemia, atrativos turísticos de Foz do Iguaçu já projetam para uma nova reabertura

O trade turístico está de olho nas boas notícias sobre uma possível vacina contra a Covid-19 e a estabilidade nas infecções para reabertura das bilheterias dos atrativos de Foz do Iguaçu. O comportamento do vírus que causa a infeção será o parâmetro, nas primeiras semanas de agosto, para uma segunda tentativa após o fechamento em 17 de março, quando foram detectados os primeiros casos no país. 

O fechamento do comércio não essencial, incluindo os atrativos turísticos, foi adotado como estratégia para evitar a disseminação do novo coronavírus. No dia 10 de junho, no aniversário de Foz do Iguaçu, os principais atrativos, reabriram, incluindo Parque Nacional do Iguaçu, Complexo Dreams, Marco das Três Fronteiras, Parque das Aves e Complexo Itaipu. 

Mas o aumento no índice de infectados pela Covid-19, tanto em Foz do Iguaçu, como na região e no país, fizeram com que fossem fechados novamente por dez dias depois. O jornalista Adilson Borges lembra, no Iguassu News Tur, que o decreto do governo do Estado estabeleceu uma quarentena mais rígida para regiões com alto índice de contaminação da doença.

A decisão também afetou os atrativos turísticos de Foz do Iguaçu, que optaram pelo fechamento dos portões de acesso. O bloqueio aconteceu de 1º a 14 de julho e não obteve resultados de queda de casos e de óbitos provocados pela Covid-19, lembra o portal.

Expectativa 

A previsão é que o Parque Nacional do Iguaçu reabra a partir da primeira semana de agosto. O entendimento será feito pelo ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), órgão federal, gestor da Unidade de Conservação, onde estão localizadas as Cataratas. 

A primeira semana de agosto será para a capacitação dos funcionários da Cataratas S/A no atendimento ao público em época de pandemia. Com a abertura do parque, voltam os passeios de barco do Macuco Safari e de helicóptero sobre as Cataratas.  

O Complexo Turístico Itaipu se adiantou aos demais atrativos e reabriu nesta quarta-feira (22), de forma limitada, somente a visita panorâmica, a opção mais procurada pelos turistas. Com o passar do tempo, levando em consideração o cenário epidemiológico, os demais passeios poderão ser reabertos.

Por: GDia

As Últimas Notícias, Destaques, Economia, Geral, Itaipu Binacional, Turismo,

Feriadão de Corpus Christi: movimento nos atrativos da Itaipu foi pequeno, mas representativo

Nada menos do que nove estados brasileiros, além do Distrito Federal, tiveram representantes entre os 314 turistas que visitaram a Itaipu durante o feriado de Corpus Christi, entre quinta-feira, 11, e domingo, 14. A data marcou a retomada das atividades turísticas na binacional e em outros atrativos de Foz do Iguaçu.

Após quase três meses sem atendimentos, em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a maior hidrelétrica do mundo deixou de lado o silêncio das últimas semanas para vivenciar a intensa mistura dos sotaques dos turistas que vieram de todas as cinco regiões do País.

Em relação aos estados, a lista de visitantes foi liderada por São Paulo, com 52 representantes. Na sequência, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, com 24; Mato Grosso do Sul, 18; Rio de Janeiro, 16; Minas Gerais, 5; Distrito Federal, 4; Bahia, 2; e Acre e Mato Grosso, com um representante cada.

Apesar de toda essa representatividade nacional, o grande destaque neste processo de retomada gradual do Complexo Turístico Itaipu (CTI) foi a presença dos moradores dos municípios lindeiros ao Lago de Itaipu. Eles foram maioria, 170, 54,1% do total. E essa presença regional não se restringiu à Itaipu. Até sexta-feira, 90% de visitantes dos atrativos do Destino Iguaçu eram da cidade de Foz do Iguaçu.

“Os moradores da nossa região terão um importante papel nesse processo de retomada do turismo. É um momento fundamental para todos conhecerem ou revisitarem os nossos atrativos, estimulando os profissionais do setor”, destacou o diretor superintendente do Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR), General Eduardo Garrido.

Na primeira semana de retorno às atividades, somente a Visita Panorâmica é ofertada pelo CTI, de hora em hora, das 9h às 16h. O segundo passeio a ser retomado, a partir de quarta-feira, 17, é o Refúgio Biológico, nos horários das 9h às 17h30, com disponibilidade de 10 vagas por horário.

O Ecomuseu volta no dia 24, das 10h às 17h, com a Ciência na Esfera suspensa temporariamente. Já o Itaipu Iluminada tem previsão de início no dia 01 de julho, às 19h30 nas sextas e sábados. O circuito interno na usina, Itaipu Especial, ainda não tem previsão de retorno.

Retomada segura

O Complexo Turístico Itaipu se preparou para este momento, seguindo todos os protocolos sanitários e orientações de organismos de saúde. Antes de realizarem o passeio, os visitantes passam por uma barreira sanitária, com higienização das mãos e pés, aferição de temperatura e preenchimento de um formulário. Em todo o roteiro há álcool em gel, higienização dos ônibus a cada nova visita e o uso obrigatório de máscara de proteção facial para quem recepciona e quem visita.

Além disso, a tecnologia está sendo uma importante aliada nesse processo. Entre as inovações, está a utilização de dois robôs para a desinfecção de ambientes, desenvolvidos pela Itaipu Binacional, por meio da Superintendência de Informática, o Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR) e a Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste).

A primeira solução conta com a tecnologia de radiação ultravioleta do tipo C (UVC), capaz de destruir a capa proteica e o material genético de qualquer tipo de vírus, assim como fungos e bactérias. Já o outro modelo, mais tradicional, permite a pulverização da solução de produtos de limpeza. Ambas as soluções podem funcionar tanto em modo automático como por controle remoto, via aplicativo.

Fotos: Kiko Sierich

As Últimas Notícias, Brasil, Destaques, Economia, Foz do Iguaçu, Meio Ambiente, Mundo, Turismo,

Convite dá resultado: iguaçuenses e turistas rodoviários visitam atrativos de Foz do Iguaçu. VEJA FOTOS!

O número ainda é pequeno, mas de acordo com o foco inicial, que é evitar aglomeração e retrocesso das medidas que tornaram Foz hoje o destino no Brasil mais seguro para ser visitado.

Foz do Iguaçu se preparou, o convite foi feito e o resultado já aparece. Nos dois dias de reabertura dos atrativos, iguaçuenses e turistas de outros lugares do Brasil aproveitaram o feriadão de Corpus Christi para conhecer os pontos turísticos da cidade. A hotelaria não se intimidou e também colhe frutos. Alguns estabelecimentos estão recebendo hóspedes da região que vieram com seu próprio carro, outros do interior paulista e do Mato Grosso do Sul, para passar o feriado no destino turístico mais seguro, hoje, do Brasil.

A reabertura gradativa do turismo de Foz ocorre desde quarta-feira (10), aniversário de emancipação política do município. Uma data simbólica para a retomada do setor, que é base da economia local e um dos mais prejudicados pela pandemia de covid-19. O Programa Acelera Foz, que une os esforços de oito entidades parceiras, assumiu o protagonismo dessa retomada de forma bastante responsável. Toda a cidade já vem se preparando para esse momento numa grande parceria entre município, estado e governo federal.

Foto: Nilton Rolin

Foz do Iguaçu tem um dos maiores programas de testagem em massa da covid-19, com mais de 30 mil testes em andamento. A quantidade de casos, proporcionalmente, é uma das menores do País. A Prefeitura adotou barreiras sanitárias e medidas de controle de propagação do novo coronavírus. A usina de Itaipu também colocou à disposição da população 15 leitos de UTI e de semi-UTI para casos graves de comorbidade associada à covid-19, para evitar sobrecarga do Hospital Municipal Germano Hauck, referência pelo SUS para casos do novo coronavírus.

“Foz do Iguaçu está de parabéns pela forma ordenada com que vem fazendo essa retomada. Nossa cidade, se fizer tudo certinho, logo será o destino brasileiro mais visitado por estrangeiros do mundo inteiro, quando tudo voltar à normalidade. Vamos começar devagar, mas com muita fé. Vai passar e sairemos na frente, com todos assumindo sua responsabilidade”, diz o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna.

Foto: Wemerson Augusto

Adequação

A hotelaria e os atrativos, de forma geral, passaram por uma grande adequação, com treinamento de equipes e cuidados com os ambientes internos. Foi uma grande parceria. “Estamos muito otimistas e agradecemos, em nome do Visit Iguassu, pela grande e efetiva comunicação da reabertura do turismo”, disse o presidente da entidade, Felipe Gonzales.

Conforme previsto nos decretos municipais e orientações dos ministérios da Saúde e do Turismo, todos os atrativos com ambientes fechados iniciaram as atividades com 30% de sua capacidade, enquanto bares e restaurantes trabalham com limitação de 50%.

Foto: Kiko Sierich

Na usina de Itaipu, robôs de desinfecção recepcionam os visitantes, que passam por aferição de temperatura. Em todo o roteiro há álcool em gel, higienização dos ônibus a cada nova visita e o uso obrigatório de máscara de proteção facial para quem recepciona e quem visita.

Ao entrar, o visitante responde a um questionário sobre sintomas respiratórios ou preenche a autoavaliação no aplicativo COVIDPR, que estará conectado com a Central de Plantão Coronavírus.

Foto: Kiko Sierich

O Refúgio Biológico Bela Vista reabre dia 17 de junho e vai funcionar das 9h30 às 17h30, com capacidade de 10 pessoas por visita. Já o Ecomuseu será reaberto dia 24, das 10h às 17h, sem o atrativo Ciência na Esfera, para evitar aglomerações. Ainda não há data prevista para o retorno da visita Itaipu Especial.

Parque das aves

Reabertura desde 10 de junho, com funcionamento de terça a domingo, das 8h30 às 17h.

Parque Nacional do Iguaçu

Aberto também desde quarta-feira, 10. As Cataratas recebem os turistas das 9h às 16h, de terça a domingo. Os ingressos para visitar o Parque Nacional do Iguaçu são vendidos exclusivamente on-line no site www.cataratasdoiguacu.com.br.

O visitante pode comprar o ingresso e agendar o dia e o horário da visita. A compra estará sujeita à disponibilidade de vagas nessa primeira fase de reabertura.

A exemplo dos demais atrativos, o Macuco Safari também voltou a operar e vai funcionar de terça a domingo das 9h às 16h, desde quarta-feira.

No Marco das Três Fronteiras, o atendimento é de terça-feira a domingo, das 15 às 21 horas.

Kattamaram 2

Também voltou a operar todos os dias da semana, com passeios às 11h30, com almoço e passeio do Pôr do Sol, às 16h30.

Rafain Churrascaria Show

A churrascaria abre apenas para almoço, aos domingos, das 11h30 às 16h, e terá jantar com show latino-americano, de segunda a sábado, das 19h às 23h30.

Dreams Park Show

Outro atrativo que reabriu hoje para os turistas é o Complexo Dreams Park show, com funcionamento de terça a domingo, das 10h às 17h.

Helisul

Também retornou às atividades com atendimento de terça a domingo das 9h às 17h.

Passeio virtual

Para aqueles que ainda não podem viajar presencialmente é possível fazer um passeio virtual ao Destino Iguassu pelo site foz360. A experiência é de arrepiar.

Acelera Foz

O Programa Acelera Foz tem a coordenação estratégica do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu (Codefoz), Itaipu Binacional, Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Prefeitura de Foz, Sebrae, Programa Oeste em Desenvolvimento, Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (Acifi) e Conselho Municipal de Turismo (Comtur).

As Últimas Notícias, Destaques, Economia, Foz do Iguaçu, Geral, Saúde, Turismo,

Pós-Coronavírus: Reabertura dos atrativos turísticos anima a rede hoteleira de Foz do Iguaçu

Rede hoteleira vive momento histórico e adota procedimentos para voltar a receber hóspedes desde início da pandemia do Coronavírus

Os grandes hotéis de Foz do Iguaçu estão numa corrida contra o tempo para encerrar os últimos preparativos antes de voltar a receber hóspedes. A expectativa é com a reabertura para visitação dos principais atrativos da Tríplice Fronteira – o Parque Nacional do Iguaçu, o complexo do Marco das 3 Fronteiras, o Parque das Aves, o Dreamland, entre outros, no dia 10 de junho e o Circuito Turístico da Itaipu, no feriado de Corpus Christi (11 de junho). 

Foz do Iguaçu tem um parque hoteleiro com aproximadamente 32 mil leitos distribuídos entre mais de 180 meios de hospedagens como hotéis, pousadas, albergues e hostels. Os estabelecimentos, que estão fechados desde a segunda metade de março, quando entrou em vigor o decreto de situação de calamidade, estão autorizados a reabrir desde o dia 11 de maio.
A retomada dos serviços de hotelaria criou um contexto inédito numa das cidades mais visitadas do Brasil. A nova rotina tem relação com os protocolos de segurança sanitária que precisam ser adotados para evitar a propagação do novo Coronavírus, agente da infecção denominada Covid-19.

A Bourbon Hotéis & Resorts anunciou a retomada gradativa de alguns de seus empreendimentos. O próximo será o Bourbon Cataratas do Iguaçu Resort, que abre no dia do aniversário de Foz do Iguaçu, 10 de junho, junto com diversos atrativos turísticos da cidade. O estabelecimento está fechado há 81 dias. Na volta, os espaços serão reabertos respeitando limites e regras de convivência, informa a assessoria.

Um dos dois hotéis da Rede Viale, o Viale Tower (no centro), reabriu no dia 18 de maio com medidas de proteção, informa em nota a assessoria. “É uma nova realidade que exige muitas providências por parte dos responsáveis pelos hotéis”, disse o gerente do hotel, Fernando Higa. “Mas são medidas necessárias para dar segurança à nossa equipe e aos hóspedes”, ressaltou.

Procedimento

Entre os novos procedimentos estão a aplicação de produto antiviral no tapete de entrada, instalação de “cortina” de vidro na recepção e obrigatoriedade de uso de máscaras para hóspedes e equipe de trabalho, além de aferição de temperatura. A disponibilização de álcool gel nas áreas comuns, nos banheiros públicos e nos apartamentos também foi adotada.

O estabelecimento implantou ainda a higienização mais frequente de superfícies de contato como balcões, maçanetas, botões de elevador, interruptores, telefones, etc. e a remoção de revistas e jornais. As máquinas de cartão estão envelopadas com filme plástico. Também são substituídos o enxoval a cada troca de hóspede e cobertores e toalhas são embalados de forma individual.

Ronildo Pimentel
Por GDia

Brasil, Destaques, Foz do Iguaçu, Geral, Itaipu Binacional, Meio Ambiente, Turismo,

Dia 10 de junho: live solidária na Itaipu reúne vários atrativos de Foz do Iguaçu. Veja programação!

É o “esquenta” da retomada do segmento, um dos mais afetados pela pandemia da covid-19 na fronteira

No dia 10 de junho, aniversário de Foz do Iguaçu, a usina de Itaipu será cenário da união de vários atrativos turísticos do Destino Iguaçu. É uma espécie de “esquenta” para a retomada do segmento, um dos mais impactados pela pandemia do novo coronavírus, na fronteira do Brasil com o Paraguai e Argentina.

A data marca o reinício gradativo do atendimento em vários pontos turísticos, como as Cataratas do Iguaçu, o Marco das Três Fronteiras e o Parque das Aves, além de parte da hotelaria.

Outras iniciativas – como um cinema a céu aberto, do Visitors Bureau – fazem parte desse recomeço. Pela manhã, no mesmo dia, a Prefeitura fará uma cerimônia simbólica de hasteamento das bandeiras, na região central. Não haverá desfile, para evitar aglomeração.

A live com o cantor iguaçuense Gabriel Smaniotto começará às 17h30, diretamente do Mirante Central, tendo como fundo a barragem da maior usina em produção do mundo. Uma solenidade com poucas pessoas acompanhará o show, que será transmitido em vários canais.

O compartilhamento será feito por oito entidades que fazem parte do Programa Acelera Foz: Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu (Codefoz), Itaipu Binacional, Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Prefeitura de Foz, Sebrae, Programa Oeste em Desenvolvimento, Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (Acifi) e Conselho Municipal de Turismo (Comtur).

Vários atrativos estão ajudando a divulgar a ação. “Neste momento de retomada, é preciso que todos estejam juntos no mesmo propósito e com muita segurança. Foz está saindo na frente porque está adotando medidas sanitárias importantes e se preparando com todos os cuidados”, diz o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna.

Para o presidente do Comtur, Carlos Silva, é um momento histórico e de inovação da cidade. “As instituições e atrativos turísticos estão dando mais esse presente à população, criando uma grande corrente do bem. De forma consciente e muito mais preparada, precisamos cuidar da saúde e retomar as atividades econômicas de lazer e de viagem”, afima. “Esse é o foco do Comtur, que está intensificando, via gestão integrada, os esforços para retomar o movimento de turistas em nosso destino.”

Todas as medidas de segurança estão sendo adotadas, respeitando os protocolos sanitários previstos, como distanciamento social e medição de temperatura, entre outros. Hoje, a cidade de Foz pode ser considerada um dos destinos mais seguros em relação à covid-19. Uma grande testagem em massa está sendo feita e o número de leitos para casos do novo coronavírus, tanto no Hospital Municipal quanto no Hospital Ministro Costa Cavalcanti, é um dos maiores do País.

A doença está controlada na cidade e o Paraná é um dos estados com menor número de casos confirmados de covid-19 em todo o Brasil, proporcionalmente. A retomada acontecerá aos poucos, inicialmente para atender os moradores e os turistas da região.

Ao vivo

As últimas lives de Gabriel têm sido um grande sucesso. Elas tiveram em média 65 mil visualizações. Como o cantor mora em Foz do Iguaçu, não precisará fazer grandes deslocamentos e todo tipo de aglomeração será evitada.

A live é filantrópica e será a primeira ação de turismo do Acelera Foz, programa de retomada da economia da cidade, com impacto direto em toda a região do Oeste do Paraná e da fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

Gabriel foi escolhido para fazer a live pela ligação com a cidade e sua história de superação. Depois de uma apresentação em que só seus pais estavam presentes, compartilhada na internet, ele virou um grande sucesso.

Durante a live, serão arrecadadas doações para os profissionais do setor que perderam seus empregos ou renda por causa da pandemia e hoje não têm como sustentar suas famílias. Ao longo da apresentação, todos os atrativos serão exibidos, numa uma ação conjunta de todo o Destino Iguaçu.

Na Itaipu, a retomada do turismo será gradativa, de acordo com a programação abaixo:

  • 10/06 – Live de retomada;
  • 11/06 – Itaipu Panorâmica;
  • 17/06 – Itaipu Refúgio Biológico;
  • 24/06 – Itaipu Ecomuseu;
  • 03/07 – Itaipu Iluminada.

Turismo na usina de Itaipu. Fotos: SkyTakes/Árvore Filmes.

As Últimas Notícias, Brasil, Destaques, Economia, Geral, Política, Turismo,

Atrativos de Foz do Iguaçu estarão autorizados reabrir em 10 de junho

Parque Nacional do Iguaçu, Itaipu Binacional e o Marco das Três Fronteiras devem impulsionar a retomada da visitação no destino

Os atrativos turísticos, gastronomia, transporte de passageiros e agências de viagens de Foz do Iguaçu estarão autorizados a reabrir dia 10 de junho, quando o município completa 106 anos de emancipação. A data está prevista no decreto que estabeleceu os protocolos de segurança sanitária no setor do turismo. Parque Nacional do Iguaçu, Itaipu e Marco das Três Fronteiras devem impulsionar a retomada da visitação. As informações são de Ronildo Pimentel no GDia.

A retomada gradativa de um dos principais destinos turísticos do Brasil começou a ser definida em 7 de maio, quando o prefeito Chico Brasileiro (PSD), em reunião com empresários, editou os protocolos do setor. A primeira etapa permitiu a reabertura da rede hoteleira na última semana. Para abrir as portas, os estabelecimentos precisam assinar um Termo de Responsabilidade Sanitária.

A reabertura do Parque Nacional do Iguaçu, que abriga as Cataratas do Iguaçu, principal termômetro do turismo da Tríplice Fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina, é aguardada com expectativa pelo setor. O dia 10 de junho é uma previsão, diz o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla.

No entanto, alerta ele, vai depender dos indicadores de monitoramento da pandemia em Foz do Iguaçu, no Paraná e no Brasil. O atrativo, conhecido internacionalmente, recebeu em 2019 mais de dois milhões de visitantes, recorde histórico da visitação anual. O fechamento dos portões da unidade de conservação, e as Cataratas do Iguaçu, ocorreu no dia 18 de março.

Procedimento

O plano de reabertura vai levar em consideração os cuidados necessários para atender com tranquilidade e segurança os visitantes do destino. O GDia lembra que o município tem autonomia para definir sobre a abertura ou não, no entanto, não tem autonomia para fazer ingerência dentro do parque, que é de âmbito federal.

Em relação a Itaipu, o diretor-geral brasileiro, general Joaquim Silva e Luna, deverá seguir o protocolo do Parque Nacional, que é de reabertura do circuito turístico em 10 de junho. Na mesma condição está o complexo do Marco das Três Fronteiras, que também depende de uma decisão da esfera federal.

Os demais atrativos turísticos de Foz do Iguaçu, como Parque das Aves, Dreamland, entre outros, que pertencem a iniciativa privada, também estarão autorizados a reabrir a partir de 10 de junho, desde que sigam os protocolos de segurança sanitária. Eles também terão que assinar o Termo de Responsabilidade Sanitária.

Fonte: GDia

Cultura, Destaques, Meio Ambiente, Mundo, Turismo,

Miss Mundo Argentina realiza gravações nos atrativos de Foz do Iguaçu. Veja fotos!

Candidatas visitaram as Cataratas do Iguaçu e Macuco Safari no primeiro dia de programação

Os atrativos turísticos de Foz do Iguaçu foram escolhidos como cenário para as gravações do Miss Mundo Argentina 2019. O concurso será realizado no final do mês de setembro no país vizinho.

A vencedora representará a Argentina na etapa mundial, no dia 14 de dezembro, em Londres, na Inglaterra.

A organização escolheu a cidade para gravar um programa especial do concurso para ser veiculado na internet e também com repetições no Canal 13 (ElTrece), a segunda maior rede de televisão da Argentina. Serão exibidos episódios a partir do dia 19 de julho até a realização do evento, em setembro.

Além das mídias sociais e do canal de TV, também serão veiculadas campanhas de publicidade e de conteúdo jornalistico em outros veículos de comunicação, gerando uma ampla mídia espontânea para Foz.

No primeiro dia, as candidatas e a equipe de produção visitaram as Cataratas do Iguaçu, no lado brasileiro, o Macuco Safari e a Churrascaria Rafain. A secretaria de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, em parceria com os atrativos, apoia a gravação do programa.

Na programação da organização do evento ainda consta visitas ao Marco das 3 Fronteiras, Parque das Aves, Itaipu Binacional e Kattamaran II, passeio pelos rios Iguaçu e Paraná, além de sobrevoo com a Helisul, nas Cataratas do Iguaçu.

Fonte: Assessoria