Browsing Tag

foztrans

Destaques, Foz do Iguaçu, Geral,

Foztrans anuncia medidas para melhorar o trânsito no viaduto da Costa e Silva, na entrada de Foz

Serão feitas obras complementares no trecho a fim de garantir mais segurança e dar maior fluidez ao tráfego

O Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu (Foztrans) definiu, junto ao Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) e a concessionária Ecocataratas, obras suplementares que serão feitas no entorno do viaduto da Avenida Costa e Silva para melhorar o fluxo de trânsito no local.

As decisões foram tomadas em uma reunião realizada nesta semana com a presença de representantes dos órgãos responsáveis pela gestão da construção e da da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

As ações envolvem a instalação de um mobiliário de trânsito para evitar veículos em fila dupla no trecho de saída da BR-277 com direção a Avenida Costa e Silva. O projeto consiste em estreitar a via e evitar acidentes. A mudança irá tornar o tráfego mais fluido e seguro, diz o diretor superintendente do Foztrans, Licério Santos.

Outra importante intercessão será a remoção dos morros de terra que limitam a visão dos motoristas, causando lentidão e congestionamento. A faixa elevada no mesmo local será rebaixada para o padrão recomendado. Toda a sinalização também será remodelada, com pórticos e sinais de pista. Aos motoristas que vão em direção ao Parque Presidente II, a boa noticia é a construção de um acesso em agulha que ligará diretamente ao bairro.

“São obras que devem começar imediatamente. Desde a inauguração do viaduto a população vem nos encaminhando sugestões para melhorias naquele trecho. Com a união dessas forças, visamos eliminar os problemas daquele local”, ressalta Santos.

Destaques, Foz do Iguaçu, Geral,

Foztrans emitiu mais de 110 mil multas de trânsito em 2020 em Foz do Iguaçu

O Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu (Foztrans) emitiu 110.020 multas por infrações diversas em 2020.

O número sofreu uma leve queda de 10% na comparação com 2019, quando foram emitidos 122.311 autos de infração. Os dados englobam registros da fiscalização eletrônica, Guarda Municipal e Estarfi. 

A pequena redução no volume de multas no ano passado deve-se ao período de isolamento social e fechamento do comércio em Foz.

Por consequência desses fatores houve uma queda na circulação de veículos nas vias urbanas nos meses de abril, maio e junho. Neste período foram computados 16.971 autos de infração. Nos mesmos meses de 2019 foram somadas 31.952 multas. 

A intenção do Foztrans é fiscalizar cada vez mais para que o cometimento de infrações de trânsito caia gradativamente. Segundo o órgão, quanto menor o número de infrações, menor também são os casos de acidentes de trânsito, uma vez que boa parte das ocorrências é em decorrência da imprudência humana. 

Prova disso é a quantidade de autos por excesso de velocidade. Os flagrantes por transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20% correspondem a 56,10% do total de multas registras no ano passado. Somente deste tipo de infração foram lavrados 62.084 autos. 

Em segundo lugar no ranking de infrações está o ato de estacionar em desacordo com a regulamentação em estacionamento rotativo. Este tipo de ação corresponde a 10,55% das multas na fronteira, pelos quais foram contabilizados 11.677 autos em 2020. 

Em terceiro e quarto lugares está o avanço do sinal vermelho, com 6.975 multas; e parar sobre a faixa de pedestres na mudança de sinal, com um total de 3.809 autos lavrados.

Embora com menos casos, o ato falar ao telefone enquanto dirige ainda é preocupante, tendo em vista que é uma das maiores causas de acidentes. Deste tipo de infração foram registrados 1.391 autos no ano passado.

Continue lendo em GDia 

Destaques, Foz do Iguaçu, Geral,

Foztrans aplica 26 multas no consórcio que explora o transporte coletivo de Foz do Iguaçu

O diretor-presidente do Foztrans, Licério Santos, confirmou nesta quarta-feira, 10, a aplicação de 26 multas ao consórcio de empresas que explora o transporte coletivo em Foz do Iguaçu.

A maioria das multas se refere a retirada de ônibus nos horários de pico. “Até poderia tirar ônibus desde que houvesse concordância do Foztrans, existe um procedimento, na medida que esse procedimento não seja cumprido, há a penalidade”, disse Santos.

“Todas as multas estão previstas no contrato e outras por legislação e serão cumpridas dependendo da infração. Até o momento, as multas são operacionais dentro do contrato”, completa Licério Santos que não adiantou o montante resultante das 26 multas.

Licério Santos explica que durante a intervenção, de acordo com a engenharia de tráfego e de acordo com a necessidade da população, foram colocadas mais algumas linhas e algumas modificações de horários especialmente nos horários de pico. “Houve essas modificações que motivaram essas multas”.

As multas se referem, segundo Licério Santos, a retirada de linha e não cumprimento dos horários, principalmente, no horário de pico. “Estamos em plena pandemia e na medida que é tirado um dos horários o próximo ônibus vem lotado e queremos evitar justamente isso”.

O Foztrans tem feito fiscalização permanente tanto no TTU como também volantes. “Através dessas fiscalizações rotineiras é que são apurados esses descumprimentos de contrato”, disse Licério Santos.

Destaques, Foz do Iguaçu, Geral,

Em blitze no último final de semana, Foztrans apreende 63 carros e 26 motocicletas em Foz do Iguaçu

O Instituto de Trânsito de Foz do Iguaçu (Foztrans) desde o fim do ano passado intensificou a fiscalização de trânsito na cidade. São pelo menos três modalidades de blitze que estão acontecendo, entre elas as normais, para fiscalização de documentos, cavalo de aço (motos barulhentas) e para fiscalizar veículos de transporte por aplicativo, incluindo taxis e mototáxis na cidade.

Nas blitze realizadas no último fim de semana foram apreendidos 63 carros e 26 motocicletas, de acordo com o Diretor de Trânsito do Foztrans, Rogério Marchioro.

“O Foztrans tem a obrigação de fiscalizar, e nós não podemos prevaricar na nossa função, nós somos um órgão regulador e fiscalizador” justificou Marchioro.

As informações são da Radio Cultura

Destaques, Foz do Iguaçu, Geral,

Os semáforos inteligentes no dia a dia das pessoas em Foz do Iguaçu

Na semana passada, os primeiros equipamentos de inteligência artificial instalados na Vila A começaram a funcionar. As equipes técnicas do Foztrans, do Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR) e da empresa contratada trabalharam intensamente para ajustar as configurações desses equipamentos.

Dezenas de luminárias e câmeras inteligentes estão em funcionamento na região. Já os 4 semáforos inteligentes implementados nos cruzamentos das avenidas mais movimentadas da Vila A mereceram uma atenção especial, com objetivo de atingir sua eficiência máxima.

Os semáforos inteligentes são sistemas autossuficientes capazes de entender os fluxos de veículos, aumentando ou diminuindo o tempo dos sinais. O tempo desses semáforos é definido pelo Foztrans, que já conhece os fluxos e os horários de tráfego mais intenso da região.

O que o semáforo inteligente faz é ajustar esse tempo, reconhecendo em tempo real quando é possível deixar um sinal mais tempo aberto ou fechado para agilizar o tráfego de veículos.

Os semáforos inteligentes multam?

Toda nova tecnologia traz uma série de dúvidas sobre sua finalidade e para que servem. Uma das dúvidas frequentes que apareceram nessa última semana é: os semáforos inteligentes irão multar os veículos? A resposta é: não.

O objetivo principal dos semáforos inteligente é aumentar a segurança da região, a partir da agilização do fluxo de veículos e pelo reconhecimento de placas de veículos.

Que outras vantagens esses semáforos apresentam?

O aviso sonoro para pedestres beneficia deficientes visuais, uma vez que é possível ouvir o momento em que o sinal abre para pedestres e o momento em que ele está prestes a fechar, tornando o cruzamento mais seguro para pedestres.

O sistema também consegue detectar ambulâncias para garantir agilidade no transporte de vítimas de acidentes.

Além disso, as câmaras instaladas possuem alta resolução, com capacidade de ver muitos detalhes da imagem, até mesmo aplicado o zoom. Esses detalhes são importantes para colaborar com as polícias e guarda municipal na identificação de suspeitos e na investigação de ocorrências.

“Gradativamente, teremos condições de melhorar o fluxo de trânsito de veículos, a partir das informações coletadas, analisadas e processadas pelo sistema inteligente. Além disso, estaremos oferecendo para Polícia Militar e Guarda Municipal mais uma ferramenta para proporcionar maior segurança para o cidadão”, disse o diretor superintendente do Parque Tecnológico, general Eduardo Garrido.

Parceria

Os semáforos inteligentes integram as iniciativas Programa Vila A Inteligente, promovido pelo PTI-BR e Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), em parceria com a Itaipu Binacional e a Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu.

Para esta primeira fase do projeto, a Fundação Parque Tecnológico Itaipu (FPTI-BR) e a ABDI firmaram um convênio de cooperação técnica e financeira de R$ 6.950.147,48, dos quais R$ 6.002.983,16 são destinados às aquisições e/ou contratações de soluções tecnológicas em Cidades Inteligentes.

Na segunda fase, está previsto um aporte da Itaipu Binacional de R$ 4.329.352,00 para implementação de soluções tecnológicas na Vila A nas áreas de: segurança pública, eficiência energética, mobilidade, integração social, ambiental, empreendedorismo e novos negócios.

Foz do Iguaçu, Geral,

Foztrans alerta para bloqueio na Avenida Pôr do Sol em Foz do Iguaçu

O Foztrans – Instituto de Transportes e Trânsito – informa que a Avenida Pôr do Sol será interditada, na intersecção entre a Av. Felipe Wandscheer e a rua Edmundo de Barros, a partir da tarde desta quinta-feira (14).

O bloqueio será efetuado em função da continuidade das obras de drenagem no Jardim São Luiz, que envolvem serviços de detonação, perfuração e construção de galerias pluviais.

A previsão para conclusão dos trabalhos é de 20 dias, podendo ser ampliada em função de questões climáticas. O local será devidamente sinalizado e os moradores poderão utilizar a rua Bélgica como via alternativa.

Outra orientação importante é quanto à mudança no trajeto da Linha 320 – Interbairros, no trecho da Av. Pôr do Sol. Durante o bloqueio, os usuários do transporte coletivo devem se dirigir ao ponto de ônibus situado na rua Monsenhor Guilherme, em frente ao Hotel Suiça.

Avanços

Esta será a última fase do projeto de melhorias infraestruturais no Jardim São Luiz. As obras tiveram início em 2019 com a formação de 19 frentes de trabalho que desenvolvem serviços de drenagem, como construção de galerias pluviais, limpeza e recuperação de nascentes, e até a criação de uma lagoa de controle de vazão, para resolver problemas históricos de alagamento do bairro.

Ao todo, o município investiu cerca de R$ 10 milhões na região.

Foz do Iguaçu, Geral,

Foztrans estabelece 31 de janeiro de 2021 prazo para interposição de recurso de identificação de condutor

Os prazos para a interposição de recursos e de identificação de condutor serão restabelecidos a partir de 31 de janeiro de 2021, conforme prevê a Resolução do Contran n. 805, de 16 de novembro de 2020.

A informação é do Instituto de Transportes e Trânsito (Foztrans), em comunicado aos condutores de Foz do Iguaçu.

De acordo com a medida, até 31 de janeiro de 2021 poderão ser protocolados recursos e identificações de condutor dos autos de infração que estavam com os prazos suspensos.

Os autos de infração que forem lavrados a partir de 01 de dezembro de 2020 terão os seus prazos contados de forma usual, sem a incidência de suspensões.

Para protocolar recurso e/ou indicar condutor de forma presencial, deve-se realizar o agendamento por meio do site ou enviar pelos correios no seguinte endereço: Rua Edgard Schimmelpfeng, 43, Centro Cívico – CEP: 85863-900, Foz do Iguaçu-pr.

Para mais informações ➡️ (45) 2105-9600 ou [email protected]

Destaques, Foz do Iguaçu, Geral,

Foztrans está exigindo Carta Verde de veículos estrangeiros que circulam em Foz do Iguaçu

Acordo entre as cidades da tríplice fronteira de não cobrar o seguro dentro de uma distância de 30km não está valendo.

O Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu (Foztrans) e Guarda Municipal realizaram nesta semana uma fiscalização exigindo, entre outros documentos, o porte do seguro obrigatório do Mercosul, popularmente chamado de Carta Verde, para veículos com placas estrangeiras.

A blitz chamou a atenção de motoristas moradores da fronteira, sendo que um antigo acordo entre os municípios de Foz, Cidade do Leste e Puerto Iguazú permitia o trânsito entre veículos desses países sem a necessidade da Carta Verde, exigida para quem ultrapassasse 30 quilômetros a fronteira.

O diretor de trânsito do Foztrans, Rogério Marchiori, disse que a Carta Verde é um documento obrigatória e que está sendo cobrada de motoristas estrangeiros que circulam pelas ruas de Foz do Iguaçu.

“A Carta Verde não tem nada a ver com 30 quilômetros e está sendo cobrada”, disse Marchiori.

Para o estrangeiros que estiver dirigindo um veículo com placas de outro país sem o seguro, terá o veículo apreendido e deverá pagar multa e obter a Carta Verde. No caso de um brasileiro que dirigir um veículo estrangeiro sem o seguro, além da apreensão do carro e multa, ainda terá 3 pontos na Carteira de Habilitação.

Por: Rádio Cultura

Destaques, Foz do Iguaçu, Geral,

Operação Cavalo de Aço, do Foztrans, apreende 26 motos irregulares em Foz do Iguaçu

Além das motocicletas, foram apreendidos dois carros. As principais irregularidades detectadas foram má conservação, descarga livre (cano de escape adulterado), condutor não habilitado e veículo não licenciado.

O Foztrans realizou mais uma etapa da Operação Cavalo de Aço voltada para fiscalizar motocicletas na cidade. Durante blitz, realizada na quarta-feira, 25, na região de Três Lagoas, foram apreendidas 26 motocicletas com irregularidades diversas. Além das motocicletas, também foram apreendidos dois veículos.

De acordo com o Diretor do Foztrans, Rogerio Marchiori, as principais irregularidades detectadas foram má conservação, descarga livre (cano de escape adulterado), condutor não habilitado e veículo não licenciado. Os veículos foram encaminhados para o pátio regulamentado.

Por: Rádio Cultura

Destaques, Foz do Iguaçu, Geral,

Foz do Iguaçu promove operação para identificar veículos estrangeiros com irregularidades

As autoridades de trânsito de Foz do Iguaçu promoveram, nesta quarta-feira (25), uma operação para identificar veículos estrangeiros com irregularidades (multas a pagar).

A ação atendeu uma orientação do coordenador do Código de Trânsito da Guarda Municipal, Inspetor Evandro e contou com participação da Polícia Militar e Instituto de Transporte e Trânsito (Foztrans).

A blitz, que utilizou o OCR (equipamento que identifica a placa), abordou aproximadamente 350 veículos com placas estrangeiras, juntamente com seus condutores e acompanhantes.

No local, as equipes atuaram com base no artigo 232 do Código Brasileiro de Trânsito, que trata da falta de documentação obrigatória para se conduzir veículos estrangeiros em solo brasileiro.

A ação, que contou com apoio da equipe de Guincho Estrela, resultou no recolhimento ao pátio de um caminhão (brasileiro) pelo Artigo 230-XVIII e 32 veículos.

De acordo com o artigo 119 do CTB, após pagamentos das multas pendentes foram liberados.

Ao final, 19 veículos ficaram retidos conforme o artigo 270 do parágrafo 1° do CTB, explicou o diretotr de Trânsito do Foztrans, Ides Rogério.