Browsing Tag

foztrans

Cultura, Destaques, Geral,

Passeio mobiliza mais de 500 ciclistas em Foz do Iguaçu

Mais de 500 pessoas participaram, na manhã de ontem (22), do Passeio Ciclístico de 14 km promovido pela Prefeitura de Foz do Iguaçu em alusão a Semana Nacional do Trânsito e a Semana Municipal de Conscientização da Proteção ao Ciclista. O prefeito Chico Brasileiro e o diretor Superintendente do Foztrans, Fernando Maraninchi também participaram do passeio.

AQUI para ver mais fotos

“A semana nacional do trânsito é um momento importantíssimo para que toda a sociedade reflita sobre a segurança viária e possa apresentar contribuições no sentido de fazer do trânsito um ambiente mais seguro para as nossas famílias”, comentou o prefeito Chico Brasileiro. O passeio também buscou estimular o uso da bicicleta como meio de transporte, ressaltando a qualidade de vida e o respeito mútuo entre ciclistas, motoristas e pedestres.

Trajeto
O passeio teve início às 8h30min com a saída na avenida Paraná e a chegada por volta das 10h, na comunidade rural da Aparecidinha. Durante o percurso urbano/rural, os ciclistas puderam contemplar principalmente as paisagens da área rural de Foz do Iguaçu. Na Aparecidinha, o grupo foi recepcionado com um delicioso café da manhã.

Malha cicloviária
Atendendo antigas reivindicações de ciclistas e seguindo a tendência de grandes cidades, a prefeitura está elaborando importantes projetos de ampliação da malha cicloviária da cidade. Atualmente, estão em processo licitatório as obras de implantação de uma ciclovia na Avenida Tarquínio Joslin dos Santos, bairro Universitário.

As ciclovias/ciclofaixas que serão construídas pela prefeitura farão conexão com as que a Itaipu Binacional está implementando, com isso, Foz do Iguaçu terá uma grande malha cicloviária proporcionando mais mobilidade e segurança.

Participaram da organização do Passeio Ciclístico o Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu (Foztrans); secretarias de Esporte e Lazer; da Agricultura; da Segurança Pública e diversos grupos de ciclistas profissionais e amadores.

Destaques, Economia, Geral, Política,

Já estão abertas as inscrições para o concurso do Foztrans. Salários vão de R$ 2,7 mil a R$ 3,8 mil

Começou nesta segunda-feira (5) a inscrição para o concurso público do Instituto de Transporte e Trânsito de Foz do Iguaçu (Foztrans), para contratação de novos servidores e formação de cadastro de reserva.

O procedimento segue até 3 de setembro, exclusivamente pelo site www.fundacaounespar.org.br. Os salários variam de R$ 2.746 a R$ 3.802.

As vagas são para os cargos de Assistente Administrativo, Fiscal de Preceitos, Advogado, Contador e Engenheiro de Trafego.

A seleção dos candidatos será feita através de Prova Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório para todos os cargos; Prova Discursiva para os cargos de Assistente Administrativo Júnior, Contador Júnior, Engenheiro de Tráfego Júnior e Fiscal de Preceitos Júnior;

Prova Prático-Profissional para o cargo de Advogado Júnior, e Prova de Títulos, para os cargos de Advogado Júnior, Assistente Administrativo Júnior, Contador Júnior, Engenheiro de Tráfego Júnior e Fiscal de Preceitos Júnior.

Assistente Administrativo
Para o cargo de Assistente Administrativo são ofertadas 4 vagas para ampla concorrência e uma vaga para pessoa com deficiência (PCD). O cargo exige Ensino Médio Completo e curso de Informática com conhecimento em editor de textos, planilha eletrônica e sistema operacional. O salário é de R$ 2.746,99.

Fiscal de Preceito
São ofertadas 6 vagas de ampla concorrência e uma vaga para PCD. O cargo exige Ensino Médio Completo e Habilitação ou permissão para dirigir na categoria “AB” ou superior. O salário é de R$ 2.914,27.

Os cargos de Advogado, Contador e Engenheiro de Trafego são para formação de cadastro reserva. O salário nestes cargos é de R$ 3.802,48 e exige-se formação acadêmica na área e registro no conselho de classe.

Para todos os cargos a jornada de trabalho é de 40 horas semanais, com exceção do cargo de Advogado, cuja carga é de 20 horas semanais.

Calendário
A aplicação das provas objetiva, discursiva e prático-profissional será no dia 6 de outubro e a classificação final será divulgada no dia 3 de dezembro de 2019.

Geral,

Lions Clube Cataratas de Foz do Iguaçu entrega óculos à comunidade do Morumbi

Doações são resultado do Mutirão da Saúde, promovido em abril

O Lions Clube Cataratas fará a entrega de 50 óculos para pessoas que participaram do Mutirão da Saúde, realizado no dia 6 de abril, no Morumbi. O repasse será nesta quinta-feira (9), às 19h30, na sede da Paróquia São Francisco de Assis.

No dia do mutirão foram realizados gratuitamente vários exames de saúde, entre os quais testes de visão. E para colaborar com as pessoas nas quais foram detectados problemas oculares, muitas sem condições de comprar óculos, as óticas parceiras na iniciativa – Lunelli e Carol – confeccionaram os óculos sem cobrar nada por isso.

“Em nome do Lions, quero agradecer às empresas que forneceram os óculos, a todos os parceiros que participaram da organização e do mutirão, assim como à imprensa que ajudou na divulgação”, afirma Viviane Valandro Rockenbach, presidente do Lions Clube Cataratas.

Realizado pelo Lions Clube Cataratas, Lions Clube Itaipu e Paróquia São Francisco de Assis, o Mutirão da Saúde teve a parceria da Unioeste, UniAmérica, Sest/Senat, Secretaria Municipal de Saúde, 9ª Regional de Saúde, Droga Raia, Sicredi, SAFF, Pastoral da Pessoa Idosa, Foztrans, Guarda Municipal, Oftalmologia Dr. Luiz Monteiro Franco e as óticas Lunelli e Carol.

Serviço
Entrega de óculos no Morumbi
Data: quinta-feira, 9 de maio
Horário: 19h30
Endereço: Avenida Mário Filho, 1.361 – Paróquia São Francisco de Assis

Cultura, Destaques, Geral, Política,

Ações educativas marcam Maio Amarelo em Foz do Iguaçu

A campanha do Maio Amarelo será marcada por uma série de campanhas educativas em Foz do Iguaçu, Oeste do Paraná.

A iniciativa é organizada pelo Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) em parceria com a Secretaria de Educação (SMED) e Câmara Técnica de Trânsito/Programa Vida no Trânsito.

Até o final do mês, mais de 40 atividades serão desenvolvidas, ressaltando a importância da educação no trânsito para salvar vidas.

Estão programadas blitzes educativas, palestras, teatro de fantoches, aulas itinerantes e orientações sobre a segurança no trânsito, uso da cadeirinha e prevenção de acidentes, caminhada e corrida de rua.

As palestras acontecerão em escolas, CMEIS (Centro Municipal de educação Infantil), empresas, instituições públicas e privadas.

Para esta sexta-feira (3), às 19 horas, estão previstas blitzes educativas em bares da região central da cidade, com distribuição de panfletos sobre a campanha e orientações dos agentes de trânsito.

Só no ano passado, 3.290 acidentes foram registrados no município; 40 pessoas perderam a vida, a maioria jovens com idade entre 18 a 24 anos.

No domingo (5) a Polícia Militar promove a tradicional corrida da PM, às 8 horas. De 21 a 31 de maio, sempre a partir das 14h, a escolinha de trânsito do Foztrans estará no Shopping Catuaí Paladium, recebendo os alunos da rede pública.

Nos dias 25 e 26, o evento será aberto para ao público em geral. Este é o sexto ano consecutivo que Foz do Iguaçu desenvolve ações para propagar o conhecimento sobre trânsito.

Década de Ações
A Assembleia-Geral das Nações Unidas editou, em março de 2010, uma resolução definindo o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”.

O documento foi elaborado com base em um estudo da OMS (Organização Mundial da Saúde) que contabilizou, em 2009, cerca de 1,3 milhão de mortes por acidente de trânsito em 178 países. Aproximadamente 50 milhões de pessoas sobreviveram com sequelas.

São três mil vidas perdidas por dia nas estradas e ruas ou a nona maior causa de mortes no mundo. Os acidentes de trânsito são o primeiro responsável por mortes na faixa de 15 a 29 anos de idade; o segundo, na faixa de 5 a 14 anos; e o terceiro, na faixa de 30 a 44 anos.

Atualmente, esses acidentes já representam um custo de US$ 518 bilhões por ano ou um percentual entre 1% e 3% do PIB (Produto Interno Bruto) de cada país.

Se nada for feito, a OMS estima que 1,9 milhão de pessoas devem morrer no trânsito em 2020 (passando para a quinta maior causa de mortalidade) e 2,4 milhões, em 2030.

Nesse período, entre 20 milhões e 50 milhões de pessoas sobreviverão aos acidentes a cada ano com traumatismos e ferimentos.

A intenção da ONU com a “Década de Ação para a Segurança no Trânsito” é poupar, por meio de planos nacionais, regionais e mundial, cinco milhões de vidas até 2020.

Destaques, Geral, Justiça, Política,

Radares de trânsito de Foz do Iguaçu começam funcionar nesta quinta, 02. Veja pontos dos equipamentos

Equipamentos vão gravar cinco infrações; Imagens serão usadas para validar multas

Os novos radares de controle eletrônico de velocidade no trânsito de Foz do Iguaçu começam a funcionar na próxima quinta-feira (2 de maio). A data foi confirmada pelo Instituto de Transporte e Trânsito (Foztrans) nesta segunda-feira (29), em comunicado nas redes sociais. O controle, em 62 faixas de trânsito, será efetuado com equipamentos em 25 pontos com maior incidência de acidentes envolvendo automóveis, motocicletas e pedestres.

“Lembramos que a fiscalização eletrônica é uma maneira educativa encontrada, afim de incentivar aos motoristas a respeitarem os limites de velocidade”, ressalta o comunicado do Foztrans. A instalação dos equipamentos está prevista no artigo 61 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). “Dentre os aspectos que embasam o conceito de qualidade de vida, o trânsito se constitui como um dos mais importantes”, diz o órgão. As informações são de Ronildo Pimentel, no Gazeta Diário.

“Optamos por começar o funcionamento na quinta, em função do feriado do Dia do Trabalho (1º de maio)”, disse o superintendente do Foztrans, Fernando Maraninchi. “Lembrando que no primeiro segundo de quinta-feira começam a funcionar os radares. São 25 locais com radares”, disse.

O ponto com maior número de acidentes, segundo o diagnóstico do ano passado, no cruzamento das avenidas Paraná com República Argentina, terá radar a partir de agora. “Os radares registram toda a infração de trânsito de velocidade, furar sinal vermelho e parar sobre a faixa. E estas infrações serão gravadas por cinco segundos, que servirão de prova para comprovar a infração”, completou.

Contexto
Os novos radares começaram a ser instalados em meados de março. Os equipamentos, segundo o Foztrans, dispõe de três funções diferentes – fiscalização de semáforos, medidores fixos de velocidade e lombadas eletrônicas.

A aferição (conferência com o padrão determinado) dos aparelhos foi concluída na última semana, conforme adiantou ao Gazeta Diário, o diretor de Trânsito, Robson Lima Souza. O procedimento está sendo feito pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

Funcionalidade
Dentre as três funções, os novos equipamentos estão instalados, em fase de testes, em locais com as características de cada função. Nos semáforos terão três finalidades – inibir o avanço do sinal vermelho, parada em cima da faixa de pedestre e excesso de velocidade.

Os radares em pontos fixos visam reduzir a velocidade em determinados pontos das vias. Já as lombadas vão disciplinar o fluxo em regiões de maior atenção devido a circulação de pedestres ou proximidade com cruzamentos. Pela instalação e manutenção dos radares, o município irá pagar R$ 3 milhões (R$ 100 mil durante 30 meses).

Pontos cruciais
Os radares tem função de inibir abusos e controlar o trânsito em pontos cruciais de ruas e avenidas dos centros urbanos. Em Foz do Iguaçu, 40 pessoas morreram após envolvimento em colisões envolvendo automóveis e motocicletas. Deste total, 31 casos foram registrados em ruas e avenidas passíveis de fiscalização pelo órgão municipal.

A Avenida Paraná registrou a maior incidência de colisões e atropelamentos – 292 casos no registro geral. Em segundo lugar aparece a Avenida República Argentina com 256 acidentes, seguida das avenidas Juscelino Kubitschek (230 acidentes), Costa e Silva (144 acidentes) e a BR-469, a Rodovia das Cataratas, com 109 acidentes.

Pontos com radares em Foz

– Av. Cataratas, próx. n. 1526
– Av. Cataratas, próx. n. 1749
– Av. Costa e Silva, n. 1655 x Av. Gustavo Dobrandino da Silva
– Av. Costa e Silva, n. 1850 x Av. Gustavo Dobrandino da Silva
– Av. Costa e Silva, próx. n. 1396
– Av. Costa e Silva, próx. n. 185 x Av. Paraná
– Av. das Cataratas, próx. n. 3200
– Av. das Cataratas, próx. n. 569
– Av. Felipe Wandscheer, próx. n. 1544
– Av. General Meira, n. 427
– Av. Juscelino Kubitschek x Av. José Maria de Brito
– Av. Juscelino Kubitschek, n. 1700
– Av. Juscelino Kubitschek, n. 1755
– Av. Juscelino Kubitschek, n. 3897 x Av. Carlos Gomes
– Av. Juscelino Kubitschek, próx. n. 200
– Av. Juscelino Kubitschek, próx. n. 3758
– Av. Juscelino Kubitschek, próx. n. 4355
– Av. Juscelino Kubitschek, próx. TTU x Av. República Argentina
– Av. Morenitas, próx. n. 1683
– Av. Paraná, n. 2355
– Av. Paraná, n. 3450 x Av. José Maria de Brito
– Av. República Argentina, n. 2711
– Av. República Argentina, n. 5204
– Av. República Argentina, n. 5767
– Rua Bartolomeu de Gusmão, próx. n. 1365

(*) O radar eletrônico da Avenida Andradina só será instalado após o término das obras.

Destaques, Geral, Política,

Interdição na BR-277 para obra do viaduto em Foz do Iguaçu é adiada para segunda, 8

Trecho seria bloqueado neste sábado (6), mas por causa do tempo fechado a PRF e o Foztrans decidiram alterar a data

A interdição na BR-277 para a obra do viaduto da Avenida Costa e Silva, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, que seria feita neste sábado (6), foi adiada para segunda-feira (8) devido ao mau tempo. As informações são da RPC Foz do Iguaçu.

A alteração da data foi definida pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e pelo Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu (Foztrans).

Após o bloqueio, os motoristas vão precisar pegar o desvio pela marginal, na Avenida Olímpio Rafain.

Destaques, Geral, Política,

Foz do Iguaçu terá 62 novos radares de trânsito; Veja locais onde serão instalados

Equipamentos serão distribuídos em pontos fixos, lombadas eletrônicas e cruzamentos de ruas e avenidas

A instalação de novos radares em ruas e avenida de Foz do Iguaçu começa na próxima segunda-feira (25). A informação foi confirmada nesta sexta-feira (22), pelo presidente do Instituto de Trânsito (Foztrans), Fernando Maraninchi. Nesta etapa, de acordo com ele, serão instalados 62 novos equipamentos distribuídos em 25 pontos fixos em avenidas, cruzamentos e lombadas eletrônicas. Em 2018, a cidade registrou perto de 2,5 mil acidentes com vítimas atendidos pelo Corpo de Bombeiros.

A contratação dos novos radares de fiscalização eletrônica de trânsito de Foz do Iguaçu terá um custo de R$ 3 milhões aos cofres da Prefeitura Municipal, disse Maraninchi. “Serão 100 mil por mês, num período de 30 meses”, ressaltou o presidente do Foztrans. Que completou: “Em média, pagamos R$ 1,6 milhão por cada equipamento”. As informações são do Gazeta Diário.

A vencedora do certame é a Quality Flux Automação e Sistemas. A escolha dos pontos onde serão instalados os radares, de acordo com Maraninchi, levou em consideração o sistema de dados da Polícia Militar.

De acordo a estatística do Corpo de Bombeiros, Foz do Iguaçu registrou no ano passado, uma média de sete casos por dia, totalizando 2.488 situações. Colisões entre carros e motocicletas (1.477 ocorrências), quedas de veículos (656) e atropelamentos (205) lideram a estatística.

Panorama
De acordo com o Foztrans, o sistema inclui 25 medidores de velocidade fixos (MVF), 16 lombadas eletrônica (LE) e 21 equipamentos que registram avanço de sinal vermelho e parada sobre faixa de pedestre nestes cruzamentos (ASV). A manutenção fica sob responsabilidade da empresa contratada.

A intenção, segundo Fernando Maraninchi, é coibir as infrações nos cruzamentos que registram alta incidência de acidentes e reduzir o excesso de velocidade em ruas e avenidas de Foz do Iguaçu. No ano passado, ainda segundo a estatística do Corpo de Bombeiros, ocorreram 114 colisões contra anteparos, em decorrência da alta velocidade dos veículos.

A empresa contratada terá que disponibilizar um Centro de Processamento de Dados e Imagens (CPDI), que será operado por servidores do Foztrans. No local, serão processadas as infrações captadas pelos equipamentos.

Locais do big brother

Medidor de velocidade fixo:
Avenida das Cataratas, próximo ao nº 2.000 (sentido centro)
Avenida Cataratas, próximo ao nº 1.567 (sentido Cataratas)
Avenida JK, nº 1.700
Avenida JK, nº 1.755
Avenida Paraná, nº 2.340
Avenida Morenitas, próximo ao nº 1.683
Avenida Paraná, próximo ao viaduto (sentido bairro)
Avenida Paraná, próximo ao viaduto (sentido centro)
Avenida Andradina, nº 2.900 (sentido Unioeste)
Avenida Andradina, nº 984 (sentido centro)
Avenida Costa e Silva, nº 1.396 (sentido BR-277)

Avanço de sinal vermelho e parada sobre faixa de pedestres:
Avenida Costa e Silva, próximo ao nº 1.850 (sentido rodovia)
Avenida Costa e Silva, próximo ao nº 1.655 (sentido centro)
Avenida JK, próximo ao nº 3.897
Avenida JK, próximo ao nº 1.124
Avenida JK, no cruzamento com a Avenida República Argentina
Avenida JK, no cruzamento com a Avenida José Maria de Brito
Avenida Paraná, próximo ao nº 3.450

Lombada eletrônica:
Avenida das Cataratas, próximo ao nº 3.200
Rua Bartolomeu de Gusmão, próximo ao nº 1.365
Avenida das Cataratas, próximo ao nº 569
Avenida JK, próximo ao nº 200
Avenida JK, próximo ao nº 3.850 (viaduto sentido bairro)
Avenida JK, próximo ao nº 4.437 (viaduto sentido centro
Rua Sérgio Gasparetto, nº 460

Destaques, Geral, Meio Ambiente,

Prefeitura de Foz do Iguaçu recolhe placas de publicidade irregulares

O Instituto de Transporte e Trânsito de Foz do Iguaçu (Foztrans) em parceria com a Guarda Municipal e a Secretaria da Fazenda está retirando placas de publicidade irregulares fixadas em postes, árvores, calçadas, canteiros e abrigos do transporte coletivo.

Nesta terça-feira (19) pela manhã, as ações aconteceram nas regiões do Morumbi, Centro e Vila A. Ao todo, 12 servidores participaram da retirada dos materiais. Eles recolheram 150 faixas e banners e 50 cavaletes de propagandas em canteiros centrais. Pelo menos 10 empresas foram notificadas pela Secretaria da Fazenda. Os trabalhos aconteceram nas Avenidas Mário Filho, Jules Rimet, República Argentina, Paraná, Garibaldi, Araucária e Silvio Américo Sasdelli.

“Esse tipo de publicidade contraria o Código Brasileiro de Trânsito, a Lei de Publicidade e o Código de Postura do Município. Ela (a publicidade) não pode ser feita em postes, canteiros, calçadas” lembra o diretor superintendente do Foztrans, Fernando Maraninchi.

As fiscalizações e o recolhimento de materiais irregulares são feitos de maneira constante pelo município. “O intuito é garantir o livre acesso da população, a segurança, fluidez e conforto de veículos e pedestres, assim como determina a lei”, completou Maraninchi.

Recentemente, o Foztrans contratou uma empresa para a limpeza de 130 abrigos de ônibus, a um custo de R$ 10.400 (R$ 80 cada). Os serviços – que incluem a retirada de faixas e cartazes e a lavagem da estrutura – iniciaram no começo do mês e devem ser concluídos até o final de fevereiro.

A multa para a empresa que fixar propagandas em locais proibidos pode passar de R$ 3 mil. “A penalidade é aplicada para quem está fazendo a publicidade, e pode chegar a 40 unidades fiscais, que hoje é de R$ 84,24”, informou o superintendente.

Toda publicidade das vias e logradouros públicos, bem como dos lugares de acesso comum, deve ser realizada em conformidade com as normas estabelecidas na Lei Complementar nº 260, de 19 de setembro de 2016, que define a utilização e exploração da publicidade no município.