1 cabeza 2022 (150 px × 50 px) (1)

Vacina para meningite C continua disponível para trabalhadores da saúde e crianças de até 10 anos

Gravidade da doença e a baixa procura destes públicos nas unidades básicas são motivos de preocupação da Secretaria de Saúde

A vacina contra a meningite C continua disponível em todas as unidades básicas de Foz do Iguaçu para trabalhadores da saúde dos serviços públicos e privados e crianças de até 10 anos, 11 meses e 29 dias que não tenham recebido as doses nas idades indicadas. Adolescentes de 11 e 12 anos recebem um reforço ou dose única com a vacina meningocócica ACWY.

A Secretaria da Saúde está reforçando a informação devido à baixa procura destes públicos nas unidades de saúde. Desde que foi disponibilizada para os trabalhadores da saúde, em junho deste ano, apenas 2.300 pessoas receberam o imunizante, que protege contra as doenças causadas pelo Meningococo C, incluindo meningite e meningococcemia (quando a bactéria se espalha pelos diversos órgãos do corpo e causa infecção generalizada).

Veja também

Esse imunizante está incluído no Calendário Nacional de Vacinação desde 2010 e é ofertado para as crianças no esquema primário de duas doses, aos 3 e 5 meses de vida, e uma dose de reforço, preferencialmente, aos 12 meses de idade. As crianças que por algum motivo perderam a oportunidade de receber a vacina nas idades indicadas podem receber agora, até os 10 anos.

“A Coordenação do Programa Nacional de Imunizações considera a necessidade de buscar as crianças não vacinadas e os trabalhadores de saúde dada a relevância da vacinação neste grupo etário. É importante buscar a UBS mais próxima e garantir a proteção”, alerta a coordenadora do Programa Municipal de Imunização, Adriana Izuka.

Trabalhadores da Saúde

Os trabalhadores da Saúde são aqueles que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais. Assim, o grupo compreende tanto os profissionais da saúde quanto os trabalhadores de apoio, como recepcionistas, seguranças, pessoal da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias e outros.

Incluem-se, ainda, aqueles profissionais que atuam em cuidados domiciliares como os cuidadores de idosos e doulas/parteiras. A vacina também será ofertada aos estudantes da área da saúde que estiverem prestando atendimento na assistência dos serviços de saúde.

Na última semana, a Secretaria promoveu uma ação em campo, quando foram vacinados 1.183 trabalhadores do Hospital Municipal Padre Germano Lauck, Centro de Controle de Zoonoses, Hospital Ministro Costa Cavalcanti e os servidores da Vigilância Epidemiológica.