1 cabeza 2022 (150 px × 50 px) (1)

Visit Iguassu faz balaço das atividades em 2020

Diretoria do Visit Iguassu fez balanço das atividades de 2020

Em entrevista coletiva no Rafain Palace Hotel & Convention,  durante o Festival das Cataratas, a diretoria do Visit iguassu apresentou os números de cada área de atuação da entidade em 2020 e deu um panorama geral do ano completamente normal. Apesar de todas as dificuldades do ano a instituição conseguiu captar quatro eventos. “Eles se juntam a um calendário que no início do ano, contava com 33 eventos-técnico científicos, desses alguns cancelaram, outros se transformaram em online, mas a maioria, foi postergado para 2021 até 2023.  Para 2021, com apoio do Visit Iguassu, estão confirmados para Foz do Iguaçu 28 eventos. 

Ao assumir a gestão do Visit iguassu, em janeiro de 2020, o grupo de empresários liderados pelo presidente Felipe Gonzalez, tinha pela frente um cenário de desafios e lutas em busca da ampliação no número de visitantes de lazer e negócios para o Destino Iguaçu. Trabalho planejando na união e reintegração das instituições em atividades nacionais e internacionais de captação. Mas março chegou, e com ele uma pandemia com consequências quase cinematográficas em todo mundo. 

“Nenhum gestor em seus piores pesadelos, imaginou passar pelo que o mundo passou e ainda vem passando. Aqui, em Foz do Iguaçu, começamos a nos preocupar com pandemia de cada um. Pois, assim como somos um Destino único, com atividade em três países, passamos a assistir impossibilitados de quaisquer ações, ruir os planos de cada entidade, cada empresa, de cada funcionário, tudo isso do lado brasileiro, paraguaio e argentino. Hoje, na esperança de que o pior já tenha passado, podemos ainda assim avaliar que fizemos muito pelo turismo. Tivemos que tomar atitudes nunca antes tomadas, cortamos na própria carne e mesmo assim estamos entregando resultados para nossos associados e para a cidade e, garanto, os resultados são muito positivos ”, avalia Gonzalez sobre as atividades de 2020 do Visit Iguassu.

Segundo o presidente do Visit Iguassu, os resultados de 2020 nunca podem ser comparados a qualquer outro ano, mas com o cenário apresentado, esses números demonstram um comprometimento da entidade em fazer seu papel de protagonista no turismo de Foz do Iguaçu e região. “Em um ano de gestão, desses 8 meses com a pandemia, buscamos trazer o associado para ter papel ativo. Com isso, estamos encerrando o primeiro de dois anos de nossa gestão, com balanço positivo e já com um planejamento mais agressivo para 2021, contanto com uma retomada gradual, constante e segura”.

A gestão que assumiu em janeiro, já tinha em seu discurso a união como base de seu trabalho. Fortalecer as ações em conjunto com a Gestão Integrada do Turismo, era o objetivo inicial, o que com os eventos de 2020 se tornou essencial. “Não temos nem como imaginar nossa retomada sem essa união. Durante esse processo, inédito para todos, tivemos uma atuação de muita união em prol do turismo de Foz, com destaque para o papel de Itaipu, sempre atuante, a binacional colocou um olhar muito positivo sobre o turismo, com campanhas, investimento e principalmente em material humano, deram um verdadeiro suporte ao que precisávamos para ganhar folego e seguir trabalhando. Outro destaque foi o envolvimento e entendimento de nossos associados, que mesmo passando por situações adversas, abraçaram o Visit com uma peça primordial, com contribuição e apoio e este é o espírito da Gestão Integrada do Turismo de Foz do Iguaçu”, conta o presidente do Visit. 

Visitors 

Nenhum setor da instituição sentiu tanto uma mudança na atuação como o departamento de Vistors. Responsável pelo turismo de lazer, teve suas ações migradas quase que exclusivamente de forma online. Até março, a equipe havia realizado uma ação de promoção na Bolívia, organizada e promovida pelo Visit Iguassu em conjunto com a Cia Aérea Amaszonas que havia iniciado a operação com voos diretos ligando La Paz e Santa Cruz de la Sierra à Foz do Iguaçu diretamente, com 2 Workshops para operadoras e agências de Turismo – Santa Cruz de La Sierra e La Paz; 13 reuniões presenciais com operadoras da Bolívia; 2 entrevistas ao vivo em programas de TV de rede nacional na Bolívia.

Com a pandemia, as ações não pararam e se concentraram em treinamentos online. Foram capacitados profissionais da CVC, Sabine Tour, Favarin Viagens. Além de reuniões online com Azul, Orinter, Agaxtur, Trend, Travel Media, ViajaNet. 

O Iguassu Travel Academy, teve a fase encerrada em julho deste ano, e foi responsável pela capacitação de 1043 operadores de turismo.

Em agosto, a Campanha Vem Pra Foz, doada por Itaipu Binacional em apoio à Retomada do Turismo, passou a ser veiculada no mercado regional, com impacto muito positivo já nos primeiros dias de divulgação, ajudando na crescente taxa de ocupação dos hotéis e movimentando a cadeia produtiva do turismo da cidade. Em outubro, a 2ª fase foi lançada agregando o APP Foz com Desconto, disponível para os visitantes com uma série de vantagens.

Visitors também foi responsável pela participação do Festival de Turismo de Gramado – Festuris; Reunião de Trabalho com equipe técnica da Secretaria Municipal de Turismo; e Festival de Turismo das Cataratas, inclusive com apoio na recepção de Jornalistas. 

Ainda esse ano, o Projeto Quati Visita terá sua 1ª Fase lançada. O mascote Quati do Visit Iguassu estará disponível durante os 3 primeiros finais de semana do mês de dezembro para visitar os hotéis associados em dias e horários especificados, auxiliando assim na divulgação dos empreendimentos nas mídias sociais, pois o personagem ficou famoso no instagram @visit.iguassu. Ainda na primeira quinzena de dezembro , será lançado a Campanha Concurso Cultural – Iguaçu me inspira – qual a sua história?