1 cabeza 2022 (150 px × 50 px) (1)

Wonder Water Show completa noite de atrativos de Foz do Iguaçu, diz Chico Brasileiro

Prefeito destaca parceria do governo municipal com empresariado, que resulta em novos empreendimentos e atrações turísticas

O prefeito Chico Brasileiro acompanhou na sexta-feira (2) a apresentação do Wonder Water Show, espetáculo de água, luzes, som e projeções sincronizadas integrado a carros e figuras clássicas de cinema do Movie Cars. “É um atrativo de porte internacional que vem se somar aos que já temos como as Cataratas. É um atrativo noturno que com certeza vai encantar todos os turistas e fazer com que a cidade seja cada vez mais uma referência no turismo internacional”, afirmou.

O Wonder Water destaca o polo das águas na região das Cataratas do Iguaçu, dos rios Paraná e Iguaçu, Aquífero Guarani e rios urbanos, como Monjolo, M’Boicy, Tamanduá e Almada. A água é o elemento principal da performance pela sequência de projeções de imagens em uma enorme fonte de água, em sincronia com músicas icônicas do universo cinematográfico. A trilha sonora tem contribuição do músico Allen Lima, da Família Lima.

Veja também

Chico Brasileiro lembra que desde o início do projeto, os empresários Felipe Guerra e Jin Bruno da Rosa Petrycoski procuraram a parceria da prefeitura, que acompanhou todo o andamento da montagem da estrutura do atrativo em área de seis mil metros quadrados. “Acompanhamos todo o andamento do projeto. Esse é mais um empreendimento estratégico para o desenvolvimento do turismo de Foz do Iguaçu”, ressaltou.

Destino do mundo

O prefeito destacou a sintonia entre os setores público e privado para construir o turismo de referência como é o Destino Iguaçu. Na avaliação de Brasileiro, com todos os investimentos que estão acontecendo com os empreendedores acreditando nas potencialidades de Foz do Iguaçu e com o avanço das obras dos dois setores, “o desafio é aumentar o fluxo e a permanência dos turistas na região”.

“Tenho certeza que os próximos anos serão anos de ouro para a nossa cidade. O turista é uma atividade agregadora, uma cadeia produtiva, que traz sustentabilidade e qualidade de vida às pessoas. Foz do Iguaçu vai ganhar muito por tudo que já foi construído. Agora é a hora da colheita, é hora de realmente crescermos cada vez mais”, completou.

Brasileiro ressaltou que a cidade recebe todas as semanas empresários interessados em investir em Foz do Iguaçu. “Atualmente, são mais de R$ 3 bilhões de empreendimentos imobiliários, hoteleiros, novos atrativos, na saúde e até grandes empresas que estão se instalando na cidade por sua localização estratégica e potencial turístico e logístico”.

O setor produtivo, afirmou Chico Brasileiro, é o grande parceiro nesta retomada e consolidação da economia nas áreas de turismo, logística, comércio e serviços.

Da parte do poder público, o prefeito destaca as grandes obras de infraestrutura que estão em andamento em Foz do Iguaçu, como a segunda ponte unindo a cidade ao Paraguai, a Perimetral Leste e duplicação da BR-469, a Rodovia das Cataratas, que devem ser concluídas em 2023.

Hotelaria

O prefeito também ressaltou os bons índices de ocupação dos mais de 28 mil leitos de hospedagens da rede hoteleira de Foz do Iguaçu, de aproximadamente 90% nos últimos meses. “E a previsão para o final do ano, para o início do ano, é muito positiva. Estes índices de ocupação demonstram que não é em feriados apenas, Foz do Iguaçu vem sediando grandes eventos e tem tido uma uma média de ocupação muito acima dos anos anteriores”.

“Tenho certeza que a recuperação econômica já se consolidou. Não é algo que é esporádico, momentâneo, é a retomada consolidada do turismo para os próximos anos”, projetou. Para o prefeito, aqueles números da visitação de 2019, de antes da pandemia da covid-19, já estão sendo alcançados.

“Acredito, em termos de visitação no geral, se pensarmos no turismo da família que vem para Foz do Iguaçu para usufruir e curtir a cidade, já estamos ao equivalente a 2019”, destacou. “O aumento da visitação da cidade vem registrando os picos do movimento de 2019, com perspectiva de superar e ter um crescimento vertiginoso nos próximos anos”.

Novos voos

O grande desafio para Foz do Iguaçu, no entendimento de Chico Brasileiro, é consolidar os voos que virão agora no verão. “Precisamos trabalhar para manter alguns voos, para que realmente Foz do Iguaçu possa ter eventos no período que não é de grande movimentação turística, com a oportunidade de voos, que é fundamental para o desenvolvimento do turismo”, disse.

Importante também, segundo o prefeito, é projetar o potencial do turismo do exterior. “Foz do Iguaçu é uma das cidades que mais tem capacidade de atrair turistas estrangeiros. Só que nesse momento ainda é de uma certa insegurança internacional, porque alguns países, principalmente os asiáticos, ainda não voltaram à normalidade”.

“O turismo brasileiro, o regional, o do Mercosul e mesmo europeu e o americano (EUA) vem avançando, ainda paulatinamente, mas de forma progressiva. A tendência nos próximos anos, melhorando o aéreo, é que Foz do Iguaçu tenha realmente um crescimento acima da média”, concluiu.

Chico Brasileiro acompanhou a apresentação do novo atrativo de Foz do Iguaçu ao lado da mulher Rosa Maria Jerônymo. Também acompanharam o show o diretor-geral brasileiro da Itaipu, Almirante Anatalicio Risden Junior; os presidentes Marcelo Martini (Sindihoteis), Danilo Vendrusculo (Acifi), Felipe Gonzalez (Visit Iguaçu) e Ney Patrício (Câmara de Vereadores); o deputado federal Paulo Martins; secretários e vereadores.